top of page
mix7.jpg
andorin_2.png

 

O andorin surge com o objetivo de criar uma rede de parceiros que contribuam para o estudo e a preservação das andorinhas e dos andorinhões em Portugal. Este projeto procura sensibilizar a sociedade, disponibilizar informação e fornecer ferramentas práticas para a conservação destas aves.

 

As andorinhas e os andorinhões são aves extraordinárias, com asas longas e caudas bifurcadas, perfeitamente adaptadas para caçar insetos em pleno voo. Embora pertençam a grupos taxonómicos muito distintos, têm comportamentos relativamente semelhantes e tornam-se muitas vezes idênticas e difíceis de distinguir a um olhar menos atento.

 

Estas aves são essenciais para o nosso bem estar, uma vez que se alimentam exclusivamente de invertebrados e, por isso, têm uma grande capacidade de controlar populações de várias espécies, algumas delas bastante nocivas para a agricultura ou capazes de transmitir doenças, como é o caso dos mosquitos.  

 

Ainda assim, as populações de andorinhas e andorinhões encontram-se em declínio! As alterações das práticas agrícolas, que têm  causado a diminuição do número de insetos dos quais se alimentam; a má gestão de muitos edifícios, que leva à destruição dos seus ninhos; ou as alterações climáticas, que alteram a disponibilidade alimentar anual, são algumas das razões para que estas aves sejam cada vez menos comuns.


EQUIPA

DSC_5741.jpg

Vasco Flores Cruz

Ecólogo

Coordenação

13029537_10153386496980964_5962669096747644741_o.jpeg

Fábia Azevedo

Bióloga

Gestão de projeto

74280637_10215271343726183_7004061872647307264_n.jpeg

Liliana Barosa

Bióloga

Comunicação

DSC_3162 1.jpg

Sandra Fernandes

Bióloga

Trabalho de Campo

DSC_5583.jpg

Thijs Valkenburg

Ornitólogo

Perito em conservação

DSC_2232.jpg

Paulo Belo

Ornitólogo

Perito em andorinhões


INVESTIGADORES

BrunoHMartins.jpg

Bruno Herlander Martins

Biólogo - CIBIO/BIOPOLIS

Investigação andorinhas

CarlosPacheco.jpg

Carlos Miguel Pacheco

Biólogo - CIBIO/UP

Investigação andorinhões

EdnaCorreia.jpeg

Edna Correia

Bióloga - CESAM/FCUL

Investigação andorinhas

271006382_4716536958439741_7588318342338777319_n.jpeg

Gonçalo Elias

Ornitólogo - Aves de Portugal

Investigação andorinhões

7954_10151768749104924_2121527835_n.jpeg

Luís Costa

Biólogo

Investigação andorinhões

DSC_1731.jpg

Biólogo - CIBIO/BIOPOLIS

Investigação andorinhas e andorinhões

Lyndon-Kearsley.png

Biólogo - BELORA

Investigação andorinhões

247353866_2026586087503816_394431359454346342_n.jpeg

Biólogo

Investigação andorinhões

418805987_778329020466056_1971723786729181973_n.jpg

Bióloga - CESAM/FCUL

Investigação andorinhas

DSC_3190 1.jpg

Bióloga

Investigação andorinhões

Logomarca VitaNativa_traced JT copy-17.png
  • Instagram
  • Facebook

A Vita Nativa é uma organização portuguesa sem fins lucrativos para a Conservação do Ambiente que pretende promover o estudo e a conservação da natureza, divulgar e valorizar o património natural e contribuir para a participação ativa na defesa do ambiente e dos serviços do ecossistema.

Fundada em 2018, a Vita Nativa é uma associação independente e apartidária que teve como ponto de partida o coração da Ria Formosa, onde foi constituída por um grupo de profissionais que desenvolvem atividade na área da conservação da natureza e ambiente e que se juntaram pela necessidade de dar resposta ativa e coordenada a várias problemáticas ambientais identificadas.

 

Por esse motivo, a Vita Nativa conta com uma equipa multidisciplinar, dinâmica e comprometida em trazer uma nova visão e abordagem prática sobre as diferentes temáticas ambientais.

Apesar de ser uma associação recente, a Vita Nativa tem já diversos projetos a decorrer e um programa de atividades dinâmico. Os associados da Vita Nativa são parte fundamental da Associação e adoraríamos contar contigo! Associa-te já e descobre que podes fazer toda a diferença.

Os fundos que nos permitem a execução de projetos nem sempre são suficientes para garantir a melhor gestão ou a planificação de algumas ideias. Desta forma, se optares por fazer donativos, estes podem ser muito importantes, ajudando-nos a fazer mais e melhor em prol do Ambiente.

bottom of page